sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Divergente

"SinopseNa Chicago distópica de Beatrice Prior, a sociedade está dividida em cinco fações, cada uma delas destinada a cultivar uma virtude específica: Cândidos (a sinceridade), Abnegados (o altruísmo), Intrépidos (a coragem), Cordiais (a amizade) e Eruditos (a inteligência). Numa cerimónia anual, todos os jovens de 16 anos devem decidir a fação a que irão pertencer para o resto das suas vidas. Para Beatrice, a escolha é entre ficar com a sua família... e ser quem realmente é. A sua decisão irá surpreender todos, inclusive a própria jovem.
Durante o competitivo processo de iniciação que se segue, Beatrice decide mudar o nome para Tris e procura descobrir quem são os seus verdadeiros amigos, ao mesmo tempo que se enamora por um rapaz misterioso, que umas vezes a fascina e outras a enfurece. No entanto, Tris também tem um segredo, que nunca contou a ninguém porque poderia colocar a sua vida em perigo. Quando descobre um conflito que ameaça devastar a aparentemente perfeita sociedade em que vive, percebe que o seu segredo pode ser a chave para salvar aqueles que ama... ou acabar por destruí-la."

Adoro a Tris e a sua força de vontade e determinacao. 
A escritora consegue nos por na situação de Beatrice.
Beatrice tem 16 anos idade pela qual os jovens tem que escolher uma fração pela qual determinará a sua conduta pro resto da vida, abgnados sao justos e humildes. Os candigos sai simples e honestos os intérpidos corajosos eruditas presam a sabedoria e 
No final se nenhuma fração se enquadrar corre se o riaco de ser um sem fracao a escolha tem que ser ponderada ou podera arrepender se 
Amo a escrita da autora cativou me a leitura quase sempre que nao lia pensava "como ira Tris safar se" a sua coragem e determinacao denunciam na ela podera correr prigo se souberem que ela é divergente. Mal posso esperar para ler próximo  livro.

Dei 5 estrelas a este livro foi uma leitura prazerosamente e entusiasmemos do início ao fim, é excelente poder-mo-nos  abstrair de tudo ha nossa volta como se a única realidade fosse esta, tens 5 opções se fores rejeitado da tua escolha, serás um sem fração, agora pensa nos desafios que podes encontrar. Há quem mate por menos. A vida está metaforicamente explícita aqui, uma grande crítica ha nossa sociedade. 

Edição/reimpressão:2012
Páginas:352
Editor:Porto Editora
ISBN:978-972-0-04381-8


quinta-feira, 23 de maio de 2013

O Mago

"Sinopse   
Responde à grande curiosidade de quem quer saber o que está debaixo da pele do autor de língua portuguesa que vendeu mais livros no mundo e que é hoje o único com mais obras traduzidas do que William Shakespeare. A vida de Paulo Coelho é mais curiosa do que a dos seus próprios personagens.
A incrível história de Paulo Coelho: o menino que nasceu morto, seduziu o anjo da morte, sofreu em manicómios, mergulhou nas drogas, experimentou diversas formas de sexo, encontrou-se com o diabo, foi preso pela ditadura, ajudou a revolucionar o rock brasileiro, redescobriu a fé e transformou-se num dos escritores mais lidos do mundo. Paulo Coelho de Souza nasceu numa chuvosa madrugada de 24 de Agosto de…
O Mago é um relato intenso e surpreendente, que vai desde a infância até aos dias de hoje, com Paulo Coelho consolidado como autor de êxito solicitado por príncipes, xeques, rainhas e presidentes. O texto de Fernando Morais é rico em detalhes, fiel, independente e, por vezes, duro com o biografado."

Escrito por Fernando Morais, O Mago, é a biografia  minuciosa de Paulo Coelho o escritor Bestseller Mundial.
Nunca tinha na minha vida conseguido ler algo que fosse da autoria do escritor, apesar dos títulos serem atractivos, nunca li nada sobre Paulo Coelho.

Ler a biografia foi uma maneira de me incentivar pela sua história de vida a ler o seu percurso de escrita. Mas fiquei na mesma. principalmente quando nos deparamos com um escritor com um feitio peculiar... presunçoso e egocêntrico, ao longo de toda a sua vida. nem um pingo de humildade perante os erros que cometera ao longo da vida. O pior é descobrir-mos no desenrolar do livro os métodos de trabalho de Paulo Coelho, teve o descalabro de plagiar e e inventar noticias enquanto jornalista, por falta de vontade, desanimo e indisciplina, editou livros escritos por outros. mas com o seu nome na hora de os vender, para mim perdeu todo o sentido ler o que quer que seja do autor, criticas literárias que se referiam ao autor Paulo Coelho como plagiador de livros, ou por se basear literalmente em outros autores para escrever os seus próprios textos, ou seja acabamos por estar a ler coisas de vários livros mas ali tudo misturado.

É triste saber que um autor como este tem mais livros traduzidos no mundo e mais vendidos que a própria Bíblia.

Contudo gostei de ler e compreender passo a passo a vida de um escritor, que se afirmou como desde sempre querer ter sido um escritor, mas até nisso foi preguiçoso.

Enfim tendo em conta os factos em que o escritor, se baseou para escrever os seus livros, temo até uma lavagem cerebral. Porque só assim explica quem gosta de Paulo Coelho, todos os livros com uma pitada de bruxaria escondida. Assim como a canção demoníaca, escrita por Paulo Coelho e Raul Seixas "Sociedade Alternativa" com palavras escondidas para adoração ao diabo cujo autor confessa no livro, ter escrito na sua fase Satanista.

Dei 4 Estrelas (Embora ache o trabalho do escritor Fernando Morais bom, recomendo o livro apenas para conhecimento, provavelmente não lerei de novo.)


​Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 632
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896570101

terça-feira, 14 de maio de 2013

Mais não, Papá!

Sinopse

Em pequena, a autora foi obrigada pelo próprio pai a prostituir-se. Cansada de uma vida miserável, a mãe deixou o marido quando Maria era pequena, abandonando-a a um caos de prostituição, crime e uma vida nas ruas, com o pai. Com nove anos, a menina tinha relações sexuais com o pai e, aos catorze, era obrigada a prostituir-se nas ruas de Inglaterra. Aos quinze anos, fugiu com um namorado que afinal não era muito diferente do pai, e só depois de o pai e o namorado terem sido presos pôde escapar a uma vida de violência e abusos."

É um livro baseado em factos reais, conta a história da própria autora do livro. Maria Landon, sofreu abusos sexuais desde criança foi obrigada a prostituir-se pelo pai. Com o decorre dos acontecimentos depressa tem o primeiro contacto com a droga.
É um livro sofrido, perdi a conta das vezes que dei comigo a chorar ou a suster a respiração, ou até mesmo serrar os punhos de raiva.

O livro tem uma diagramação, que consegue captar a nossa atenção ao tema do livro, a leitura é boa proporcionada pelo tamanho normal de letra e a paginação amarelada. o tipo de  escrita é simples e sincera, parece que estamos a ouvir a história durante um dialogo com a própria pessoa.

É um livro que recomendo a leitura, a história apesar de pesarosa tem um final feliz, é uma lição de vida para que nunca desistamos de nós, fala também sobre como recomeçar e confiar nos que nos rodeiam após tantas traições.


Dei 5 estrelas
Por: Maria Landon
Página: 208
ISBN-13: 9789722517720
Editora: Bertrand Editora
Data Publicação: 2008

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Nómada

"Sinopse
Melanie Stryder recusa-se a desaparecer. 
O nosso Mundo foi invadido por um inimigo invisível. Os Humanos estão a ser transformados em hospedeiros destes invasores, com as suas mentes expurgadas, enquanto o corpo permanece igual e a vida prossegue sem qualquer mudança aparente. A maior parte da Humanidade não consegue resistir. 
Quando Melanie, um dos poucos Humanos «indomáveis», é capturada, ela tem a certeza de que chegou o fim. Nómada, a Alma invasora a quem o corpo de Melanie é entregue, foi avisada sobre o desafio de viver no interior de um humano: emoções avassaladoras, excesso de sentidos, recordações demasiado presentes. Mas existe uma dificuldade com que Nómada não conta: o anterior dono do corpo combate a posse da sua mente. 
Nómada esquadrinha os pensamentos de Melanie, na esperança de descobrir o paradeiro da resistência humana. Melanie inunda-lhe a mente com visões do homem por quem está apaixonada - Jared, um sobrevivente humano que vive na clandestinidade. Incapaz de se libertar dos desejos do seu corpo, Nómada começa a sentir-se atraída pelo homem que tem por missão delatar. No momento em que um inimigo comum transforma Nómada e Melanie em aliadas involuntárias, as duas lançam-se numa busca perigosa e desconhecida do homem que amam."

Nómada...
Noa...
Melanie...
Uma história de um mundo alterado, invadido pelas "almas" que vagueiam no univerço.
Dos poucos humanos que resistiram há invasão, os únicos que ainda permaneciam humanos. Melanie lutava para se manter viva e ajudar o seu irmão mais novo. Depois de capturada é obrigada a partilhar o seu corpo com a parasita (alma) recentemente chegada a Terra nomeada de Nómada.

Parece-nos uma história de invasões e extraterrestres comum, mas na verdade a escritora consegue fazer-nos amar um "extraterrestre" uma "alma" de outro mundo.

A autora permite-nos de uma forma indirecta e inteligente, repensar no que temos feito ao Planeta terra como Habitantes dela, a violência, poluição a ganancia etc. 

Noa (Nómada) um ser que iria com certeza querer por perto. Ninguém tem tão bem coração.

Apeguei-me a ela.
Um beijo para a Noa
Vou ter saudades tuas...
Dei 5 estrelas
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 840
Editor: Edições Gailivro
ISBN: 9789895575770
Coleção: 1001 Mundos

sexta-feira, 10 de maio de 2013

As Cinquenta Sombras Mais Negras

"Sinopse
Perseguida pelos negros segredos que atormentam Christian Grey, Anastasia Steele separa-se dele, e começa uma carreira numa prestigiada editora de Seattle.
Mas por mais que tente, Anastasia não o consegue esquecer - ele continua a dominar-lhe todos os pensamentos. E quando Christian lhe propõe reatarem a relação com um novo e diferente acordo, ela não consegue resistir. Aos poucos, uma a uma, começam a revelar-se as Cinquenta Sombras que torturam o seu autoritário e dominador amante.
Enquanto Grey se debate com os seus demónios, e revela a Anastasia um lado inesperadamente romântico, ela vê-se obrigada a tomar a mais importante decisão da sua vida.
Uma escolha que só ela pode fazer…"

Para Anastasia Steele, será impensável voltar a trás e repetir qualquer experiência, mas a saudade de Christian Grey causa-lhe tal dor que ela se apercebera, de que o amava.

Neste livro há revelações sobre o passado de Christian, penso ser das poucas coisas entusiasmantes que li em todo o livro, o desenrolar do livro gira há volta do seu sombrio passado, que poderá por em risco a vida de Anastasia Steele. 

Neste livro o texto continua pobre e desinteressante,  a escritora descreve um dia-a-dia tão previsível, e ridiculamente forçada, os acontecimentos tão excêntricos, o facto de tudo girar há volta de Anastasia Steele provoca náuseas durante a leitura.

Não há grandes mudanças na escrita continua pobre incluindo o seu desenvolvimento.

Estou com pouca vontade de ler o 3º livro mas vou fazê-lo assim que possível, depois de ler uns 1000 livros para desenjoar.


Dei 2 estrelas
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 576
Editor: Lua de Papel
ISBN: 9789892321127

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Amores Rebeldes Saga Wicked Lovely

Sem Spoiler PROMETO!!!!!
"Sinopse

REGRA # 3: 

Não olhar para fadas invisíveis.
Desde que nasceu, Aislinn sempre viu fadas. Poderosas e perigosas, elas caminham ocultas entre os mortais. Aislinn tenta passar despercebida pois estes seres não gostam de ser descobertos e costumam castigar com crueldade as pessoas que detectam a sua presença. REGRA # 2: 

Não falar com fadas invisíveis.
Agora as fadas perseguem Aislinn. O rei das fadas Keenan, aterrorizante e sedutor, tenta cativar Aislinn, fazendo perguntas que ela tem medo de responder. REGRA # 1: 

Nunca chamar a atenção delas.
Agora é tarde demais… Keenan, o Rei do Verão anda numa busca incansável pela sua rainha há nove séculos e está determinado a converter Aislinn na sua rainha a qualquer custo. 
Quando as regras secretas que sempre a tinham protegido deixam de funcionar, de repente está tudo em risco: a sua liberdade; o seu melhor amigo, Seth; a sua vida; tudo. Intrigas sobrenaturais, amores mortais, e confrontos entre reis antigos e expectativas modernas cruzam-se no enredo deste espantoso conto de fadas que Melissa Marr imaginou para o século vinte e um."



Ash (Aislinn) sempre viveu uma dura realidade, ver fadas, implicava seguir as regras, elas não poderiam nunca se aperceber que Aislinn sabia da existência delas, embora as fadas, ao contrario do que pensamos fossem más, causavam transtornos aos humanos, beliscando-os apalpando-os, fazendo-os cair, Aislinn tem que fingir não as ver e tem que chamar o menos possível a atenção delas, o caso muda de figura quando todas as fadas passam a saber da sua existência, não por ela conseguir vê~las, mas, porque o Rei do Verão a quer, custe o que custar, Keenan em forma de humano, não desiste, de tentar encantar Aislinn para que ela seja no futuro a rainha eleita do Verão com Keenan.

    Shet poderá estar em sério perigo ao tentar interferir ajudando Aislinn a ver-se livre de Keenan e das regras de um injusto jogo que o persegue, Donia quer ver-se livre da maldição a que foi destinada ser Menina do Inverno, anteriormente Humana enganada pelas promessas de amor de Keenan."

   Ao principio enquanto lê-mos queremos logo as respostas a todas as duvidas, no entanto a autora não nos deixa ficar mal encaixando perfeitamente as respostas ao longo das paginas, a história é magnifica, a reviravolta final, faz-nos respirar fundo ao fechar o livro e pensar que ainda há esperança para um mundo perfeito.
   Não estou de todo habituada a fadas (u.u) a vaga de vampiros chegou até mim e ficou, agora que exploro vários tipos de leitura do Fantástico, estou grata por te-lo feito.

Dei 5 estrelas
Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 288
Editor: Saída de Emergência
ISBN: 9789896372583

sábado, 4 de maio de 2013

Seduzida de P. C. Cast e Kristin Cast

"Sinopse

Estranhas visões avisam Zoey de que deverá resistir aos encantos de Kalona, e também mostram que apenas ela terá o poder de travar esse imortal maléfico. Cedo se torna claro que Zoey não tem escolha: se não se render a Kalona ele vingar-se-á sobre os seus amigos mais próximos e a família. Terá Zoey Redbird a coragem para arriscar perder a sua vida, o seu coração e a sua alma?"​

Não nego que os primeiros livros foram sem duvida marcantes, todo este novo mundo, sobre Vampyros e Deusas, os rituais extremamente descritivos e que nos faziam sonhar com a magia como se ela podes-se estar ali à nossa volta.

Há na minha opinião no entanto sagas que não deviam exceder o seu limite de livros tornando a perder toda a história que outrora nos tinha prendido as paginas do livro.
Foi com grande esforço que li o livro ate começar a sentir interesse no entanto não era aquele interesse de nos por madrugada dentro a ler. era um interesse de "Ora, ora por esta é que eu não esperava!"
E mesmo assim ficou há quem do esperado, algo que achei inteligente por parte das autoras, mãe e filha, foi o facto de não entregarem de caras as cartas neste livro ficou um bichinho aqui dentro a perguntar-se se devo correr para ler já o próximo, visto que só faltava escarrapachar na ultima pagina.

TO BE CONTINUED... enfim ....

Um ponto que acho que tira todo o interesse é a gíria do suposto adolescente, a quem a autora intitulou na saga palavreado adolescês, ridiculamente exagerado na minha opinião, porque não acho que hoje em dia seja assim a comunicação, torna a história um bocado chata ter que de se ler.
Não desgostei do livro, mas não tive aquele sentimento de perda e frustração, que costumo ter após o final de um livro, é tão raro.
É o 6º livro da Saga Casa da Noite.
Dei  3 estrelas é o 6º livro da Saga casa da Noite

Edição: 2011
Páginas: 320
Editor: Saída de Emergência
ISBN: 9789896373078
Coleção: Casa da Noite

terça-feira, 30 de abril de 2013

Cidade de Vidro


"Sinopse



Para salvar a vida da mãe, Clary tem de ir à Cidade de Vidro, o lar ancestral dos Caçadores de Sombras - não a incomoda que a entrada nesta cidade sem autorização seja contra a Lei e que violá-la possa significar a morte. Piorando mais a situação, ela vem a saber que Jace não a quer lá e que Simon foi encarcerado na prisão pelos Caçadores de Sombras que suspeitam de um vampiro que tolera a luz do Sol. Ao tentar descobrir mais pormenores sobre o passado da sua família, Clary encontra um aliado no misterioso Sebastian. Com Valentine a reunir toda a força do seu poder para destruir de uma vez por todas os Caçadores de Sombras, a única possibilidade de estes o derrotarem é combater ao lado dos seus eternos inimigos. Mas podem os Habitantes do Mundo-à-Parte e os Caçadores de Sombras pôr de lado o seu ódio mútuo e aliarem-se? Embora Jace compreenda que está pronto a arriscar tudo por Clary, poderá ela utilizar os seus poderes recentes para ajudar a socorrer a Cidade de Vidro - custe o que custar? O amor é um pecado mortal e os segredos do passado provam ser letais quando Clary e Jace enfrentam Valentine no último volume da trilogia Os Instrumentos Mortais - obra que figura na lista de sucessos literários do New York Times.Caçadores de Sombras é o título da trilogia que começa com A Cidade dos Ossos, com uma fantasia urbana povoada por vampiros, demónios, lobisomens, fadas, e que é um autêntico romance de acção explosiva."


Quase toda a narrativa do 3º livro da saga Cassadores de Sombras, é passada na Cidade de Idris, A terra natal da Mãe de Clary, que é exactamente a razão que a leva lá, Clary precisa descobrir uma maneira de acordar a sua mãe e esta está escondida naquela cidade.
O desenrolar da história é envolvente as personagens mantém seus fieis lugares e características, Personagens novas aparecem durante a leitura e como se cada coisa no mundo tivesse o seu devido lugar a escritora consegue mais uma vez criar um livro apaixonante, a cada surpresa, que encontramos durante o desenrolar do livro ficamos maravilhados, como as peças se encaixam tão bem.
Neste livro todos correm perigo de vida Valentine ainda não desistiu da sua sede de poder e domínio.
Neste livro conseguimos ver algumas personagens tomarem o lugar como narradores, e ver a visão deles é bem envolvente.
A Autora deu em alguma demasia atenção ao amor proibido de Clary e Jace, o que nos faz querer/prever o final. Pareceu um pouco que a autora quis por palha na história para este ser igualmente "grande" a nível de paginação, o que aborrece um pouco no inicio da leitura, ler paginas e paginas de declarações de amor proibido que já estamos fartinhos de ler no 1º e 2º livro. 

A diagramação do livro é fiel as outras anteriores, espelhado, a letra também mantém o mesmo perfil (12px +/-) as paginas são amareladas facilita bastante a leitura. 

Dei 4 estrelas
(embora continue a amar a saga)

Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 408
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896570903

Caixa de Correio Abril 2013



Este mês recebi livrinhos novos!

 

Recebi a saga quase completa 1º Uma bruxa em apuros, 3º Antes bruxa que morta, 4º Bruxa de Elite, é da escritora, Kim Harrison, ficou faltando Bruxa detective que é o 2º dos quatro.  




Recebi também Príncipe Mecânico, da "Origem" da história Instrumentos Mortais este é o segundo livro estou esperando o primeiro, Anjo Mecânico, chegar proximo mês, Não vieram juntos porque eu compro os livros consoante as promoções que encontro. A Cidade das almas perdidas é o 5ª livro da saga sendo que o 4º Cidade dos Anjos Caidos da escritora Cassandra Clare da saga Instrumentos Mortais, que eu amoooo,
Recebi Divergente da Verónica Roth, 


Recebi a saga Wicked Lovely  1º Amores Rebeldes, 2º Tatuagem, 3º Frágil Eternidade, 4º Sombras Radiantes da autora Melissa Marr que tambem está faltando o 2º livro da Saga .



 E por fim  recebi também, Destinada da escritora 
P.C. Cast e Kristin Cast 
da saga Casa da Noite.

domingo, 28 de abril de 2013

Hush, Hush de Becca Fitzpatric

"Sinopse

UM JURAMENTO SAGRADO
UM ANJO CAÍDO
UM AMOR PROIBIDO

Apaixonar-se não fazia parte dos planos de Nora Grey. Nunca se sentira atraída por nenhum dos rapazes da sua escola, apesar da insistência de Vee, a sua melhor amiga.
Então, aparece Patch. Com um sorriso fácil e uns olhos que mais parecem trespassar-lhe a alma, Patch seduz Nora, deixando-a completamente indefesa.
Mas, após uma série de encontros assustadores com Patch, que parece estar sempre onde ela está, Nora não consegue decidir se há de cair-lhe nos braços ou fugir sem deixar rasto.
Em busca de respostas para o momento mais confuso da sua vida, Nora dá consigo no centro de uma antiga batalha entre imortais. E quando é chegada a altura de escolher um rumo, a opção errada poderá custar-lhe a vida.

A mais recente sensação do romance paranormal"

Desde o inicio do livro sentimos-nos invadir com um sentimento de intimidade e compaixão por Nora, uma jovem de 17 anos, excelente curriculum escolar, uma vida aparentemente normal apesar dos traumas que lhe trouxeram a morte por assassinato do pai.

Nora e sua mãe tentam restabelecer os seus dias com a máxima normalidade e seguir em frente. Mas tudo deixa de ser calmo após Nora conhecer Patch um colega de Biologia transferido há pouco tempo.
Patch tem um perfil aparentemente perigoso e tentador.
Consegue levar-nos a teme-lo, mas, ao mesmo tempo ama-lo e deseja-lo por perto, pelo seu sentido de humor e autoconfiança.

É um livro que nos deixa constantemente em "modo" Sherlock Holmes para tentar desvendar os mistérios e os acontecimentos.
É uma leitura fácil e hipnotizam-te faz-nos querer ler sempre mais é da Porto Editora, capa mole a diagramação é chamativa tem relevos é em tons de cinza e vermelho sangue, que nos anunciam que será um livro que nos vai prender desde o inicio.

Dei 5  estrelas
Adorei a escrita da escritora, a mistura do fantástico com uma escrita de um quotidiano bem actual.

É o primeiro livro da saga, mal posso esperar para ler a continuação,"Crescendo"  chegará em maio pelo correio.

Edição(2ª): 2010
Páginas: 320
Editor: Porto Editora
ISBN: 9789720045492

sábado, 20 de abril de 2013

As Cinquenta Sombras de Grey


"Sinopse
As Cinquenta Sombras de Grey é um romance obsessivo, viciante e que fica na nossa memória para sempre.Anastasia Steele é uma estudante de literatura jovem e inexperiente. Christian Grey é o temido e carismático presidente de uma poderosa corporação internacional. O destino levará Anastasia a entrevistá-lo. No ambiente sofisticado e luxuoso de um arranha-céus, ela descobre-se estranhamente atraída por aquele homem enigmático, cuja beleza corta a respiração. Voltarão a encontrar-se dias mais tarde, por acaso ou talvez não. O implacável homem de negócios revela-se incapaz de resistir ao discreto charme da estudante. Ele quer desesperadamente possuí-la. Mas apenas se ela aceitar os bizarros termos que ele propõe... Anastasia hesita. Todo aquele poder a assusta - os aviões privados, os carros topo de gama, os guarda-costas... Mas teme ainda mais as peculiares inclinações de Grey, as suas exigências, a obsessão pelo controlo… E uma voracidade sexual que parece não conhecer quaisquer limites. Dividida entre os negros segredos que ele esconde e o seu próprio e irreprimível desejo, Anastasia vacila. Estará pronta para ceder? Para entrar finalmente no Quarto Vermelho da Dor?As Cinquenta Sombras de Grey é o primeiro volume da trilogia de E. L. James que é já o maior fenómeno literário do ano em todos os países onde foi publicado."

A escritora E.L.James (Erika Leonard James) a autora da tão famosa trilogia que me desiludiu.

Anastasia Steele é uma jovem inocente, concentrando-se na sua vida simples e sem emoções, estudante de literatura, com ambições de uma pessoa independente trabalhava nua loja. Um dia-a-dia banal até a sua melhor amiga lhe pedir um favor. Anastasia irá passar momentos onde a sua inexperiência com romances darão uma volta de 180 graus. 

Christian Grey um jovem adorado, famoso e temido ao mesmo tempo, pela sua figura e pelo seu poder  económico. Irá mudar a sua vida.

Achei o texto medíocre e pouco envolvente, o desenrolar não conseguiu me agarrar como é habitual nas leituras que escolho. Confesso que o meu interesse deveu-se apenas por ver que "crianças" dos 13 aos 16 andas a ler este tipo de livros, acho a história, muito pobre e pouco entusiasmante. Previsível e aborrecido.

Não esperava ficar tão chocada quando peguei para ler, mas ofendeu-me sabendo que a escritora se tenha gabado que a trilogia se baseou na saga Twilight. Uma ofensa a escritora Stephenie Meyer ...


Dei 2 estrelas

Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 552
Editor: Lua de Papel
ISBN: 9789892319957

domingo, 14 de abril de 2013

Cidade de Cinzas

"Sinopse

Clary Fray só queria que a sua vida voltasse ao normal. Mas o que é normal quando és um Caçador de Sombras? A tua mãe está em estado de coma induzido por artes mágicas, e de repente começas a ver lobisomens, vampiros e fadas? A única hipótese que Clary tem de ajudar a mãe é pedir ajuda ao diabólico Valentine, que, além de louco, simboliza o Mal - para piorar o cenário também é seu pai."

Que leu, Cidade dos Ossos (vol.1 da saga Caçadores de Sombras da Autora Cassandra Clare), deve ter ficado tão ansioso quanto eu para ler este, e o livro faz juízo a essa expectativa, o livro consegue ser tão bom quanto o primeiro, o facto de já estarmos a par de tudo, permite que a história agora se desenvolva em torno das personagens, dando mais pormenores, aprofunda as relações entre personagens.

É um livro que contem mais acção, mais riscos, regras a serem quebradas, damos por nós a temer por eles e a desejar com eles que as coisas se resolvam.
Os personagens não me desiludiram, achei que a escritora conseguiu de igual modo a evolução positiva de cada um.
O livro tem um final incrível, foi sem duvida uma leitura surpreendente, o livro promete agarrar-nos do inicio ao fim.
A Diagramação do livro é do mesmo material que o primeiro, espelhado, as folhas são amareladas, e o tipo de letra é normal (12px +/-)  permite uma boa leitura.
Dei 5 estrelas.


Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 360
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896570620

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Susana em Lágrimas

"Sinopse

Tem sido um sucesso de vendas este primeiro romance de Alona Kihmi, jornalista, dramaturga e actriz israelita, que acaba de trocar os palcos pela escrita.
Em "Susana em Lágrimas" conta-se a história de uma jovem, Susana Rabin (não, não é parente de Isaac Rabin), depressiva e anti-social, que vive com a mãe, é anarquista "por motivos superficiais" e vê a sua vida mudar quando vê pela primeira vez "o poeta Percy Bysshe Sheley", cujos poemas enchem os seus dias (mas, mais prosaicamente, é um primo que vem dos Estados Unidos; com ele Susana conhece um novo mundo de sensações). Com a situação em Israel como pano de fundo."

Susana Rabin é uma mulher Israelita sofre de agorafobia, (sensível, solitária e emocionalmente instável que não suporta pessoas ou qualquer tipo de contacto social.)
Odeia o facto de ser sempre abordada pelo seu nome lembrar "Isaac Rabin".
Susana vive com a mãe, gosta de estar sozinha, fechada no seu quarto . Mas quando um primo americano vem viver para a sua casa, tudo muda. Ela começa a interessar-se pelo primo, é confrontada com a paixão e o desejo ardente e dá por si a fazer coisas que nunca imaginara...

Quem pensar que se vai deparar com um melodrama ou uma narrativa neurótica, desengane-se. O mistério também é uma componente nesta obra, já que ninguém consegue perceber muito bem qual a razão para a visita de Naori, o primo americano. Tentando libertar-se da influência dominadora da mãe e procurando perceber qual será o seu papel na sociedade, Susana prende-nos até à última página.

Dei 5  estrelas
Adorei a escrita da autora ucraniana, Alona Kimhi, a mistura de momentos divertidos outros dramáticos, mas de nada lamechas. Retrata a vida de uma pessoa que sempre se tentou passar despercebida quase invisível, perante a sociedade e que de um momento para o outro vê-se, obrigada a lidar contra os seus próprios medos .

Edição/reimpressão: 2002
Páginas: 328
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789724130286